As varizes são problemas que aparecem mais comumente nas pernas, caracterizadas pela coloração azul ou arroxeada. Muito comum na população em geral, acometendo até 40% da população. Há uma apresentação clinica muito variável, desde queixas estéticas até casos mais avançados como ulceras venosas e perda da qualidade de vida. É importante destacar que existem diversos tipos e exigem diferentes tratamentos.

Para esclarecer algumas dúvidas, a leitura que você fará abaixo traz informações sobre varizes, os exames necessários para diagnóstico e qual tratamento optar em cada uma delas, além dos cuidados pós-operatórios necessários.

Confira!

 

Tipos de varizes

Basicamente, existem três tipos de varizes. Abaixo a Clincare fala sobre cada uma delas:

 

Telangiectasias

As telangiectasias, também conhecidas como aranhas vasculares, são as menores, com menos de 1 mm de calibre. É comum o incômodo estético, e o fato de elas existirem já mostra que o sangue não está circulando como deveria. Esses vasos finos têm colocação arroxeada ou vermelha.

 

Reticulares

Varizes reticulares são as médias, com cerca de 1-3 mm de diâmetro. São veias subdérmicas. Podem estar associadas a queixas como dores, queimações e uma sensação de peso.

 

Varicosas

De cor forte, são mais grossas e maiores. Tem calibre maior ou igual a 3 mm e podem se apresentar até como veias extremamente dilatadas. Pode haver acometimento das veias safenas, que podem ser insuficientes.

varizes

 

Exames

Ainda que na maioria dos casos a identificação da existência de varizes ocorra com o olhar, alguns exames continuam sendo necessários. Isto porque são eles que irão avaliar a gravidade do problema, além de auxiliar o médico vascular na escolha do tratamento mais adequado.

Um exemplo de exame frequentemente solicitado é o ultrassom com doppler das veias dos membros inferiores. Além de revelar informações funcionais e anatômicas das veias, ele não é invasivo e não dói. Outros exames auxiliares são a pletismografia e a fleboscopia.

 

Tratamentos para as varizes

Agora que você conhece os diversos tipos e exames para diagnóstico, chegou a hora de saber quais são os tratamentos para as varizes. Eles podem variar bastante, sendo que o recomendado difere de caso para caso. Por esse motivo torna-se importante conhecer os tratamentos para as varizes: saber qual deles é melhor para a sua situação.

 

Escleroterapia (secagem/aplicação)

Existem vários tipos de aplicação líquida. A técnica consiste na aplicação de uma substância no interior das teleangectasias, levando ao seu desaparecimento.

 

Espuma

Também conhecida como escleroterapia com espuma, consiste na injeção de uma espuma específica nas veias dilatadas. Ela, então, preenche a luz da veia e a fecha, com isso impedindo que o sangue circule pelo vaso. O procedimento tem como diferencial não necessitar de internação ou anestesia.

 

Laser

Existem dois tipos de laser utilizados no tratamento de varizes. O laser transdérmico como o nome diz, consiste no uso de luz de laser, a qual é aplicada diretamente no vaso. A luz provoca um calor que elimina o vaso até que ele desapareça. É muito indicada em casos de varizes menores como as telangectasias. E o endolaser, que é utilizado no procedimento cirúrgico para cauterizar a veia safena.

 

Cirurgia

Altamente recomendada para varizes maiores ou mais profundas, a cirurgia tradicional consiste em cortes pequenos feitos para remover as veias dilatadas, inclusive as veias safenas. Assim, o sangue pode continuar circulando por outras veias.

cirurgia de varizes

 

Pós-operatório

Tenha sempre em mente que o pós-operatório é tão importante quanto o tratamento em si. Apenas levando a sério os cuidados recomendados pelo seu médico vascular é que você irá garantir o sucesso do procedimento.

Ainda que, assim como as alternativas de tratamento, o pós-operatório varie em cada caso, alguns cuidados são comuns. Entre eles, vale citar um repouso relativo, a utilização de meias elásticas e evitar a exposição solar.

 

Seja por motivos estéticos ou funcionais, a retirada de varizes é muito importante para a sua saúde vascular. Se você sofre com este problema, saiba que pode contar com a Clincare! Em nossa equipe, nós contamos com cirurgiões vasculares que podem resolver o seu problema.

Entre em contato hoje mesmo para saber mais!

Consultas em Psiquiatria na Clincare

Precisando de uma consulta? Na Clincare você encontra alguns dos profissionais mais qualificados do mercado. Marque a sua consulta hoje mesmo!

×

Powered by WhatsApp Chat

× AGENDE SUA CONSULTA