Não é segredo para ninguém que o açúcar em excesso, em especial o refinado, tem vários efeitos negativos em nosso organismo. Ainda assim, muitas pessoas têm uma dificuldade imensa em readequar sua alimentação para reduzir a quantidade de açúcar consumida diariamente. Você sofre com esse problema? Confira neste artigo 3 dicas de como adquirir novos hábitos e reduzir o consumo do açúcar.

Os males do açúcar

Um dos principais males que associamos ao açúcar é o seu altíssimo valor calórico o que faz dele como hábito alimentar um forte fator contribuinte para o sobrepeso e até mesmo a obesidade. Mas não é apenas no peso de uma pessoa que o açúcar possui impacto.

O excesso de glicose contribui para problemas como cáries, pressão alta, sobrecarga no fígado e até mesmo diabetes. No entanto, a glicose é um componente necessário para o bom funcionamento de nosso organismo. A Hipoglicemia (condição causada pela falta de glicose no sangue) pode causar sintomas como embaçamento da visão, fadiga, náuseas, confusão mental e até convulsões.

A melhor opção então é que açúcares sejam consumidos de forma moderada, preferencialmente em alimentos mais saudáveis do que os doces industriais, como frutas e mel. Mas como se livrar daquela vontade incontrolável de comer doces?

Criando novos hábitos

A melhor forma de diminuir o consumo de açúcar no dia a dia é adquirindo novos hábitos, mas isso nem sempre é tarefa fácil, especialmente porque o consumo de açúcar pode se tornar uma dependência psicológica, já que causa a liberação de serotonina, responsável pela sensação de bem-estar.

Então aqui vão algumas dicas para te ajudar nessa reeducação alimentar:

  • Substituição: um método muito comum de reduzir o açúcar refinado na alimentação é substituí-lo por adoçantes naturais como o xilitol, o eritritol e a estévia Mas é preciso ter atenção nessa substituição! Em especial com adoçantes artificiais, que em excesso podem atacar a mucosa estomacal. Também pode-se substituir os alimentos por outros que possam te saciar de forma similar. Em vez de uma taça de sorvete você pode comer uma fruta gelada, por exemplo.
  • Corte: outra forma de consumir menos açúcar é selecionar com mais consciência os alimentos com açúcar em sua alimentação. Pode-se reduzir ou cortar o consumo de doces que possuem açúcar em excesso como chocolates, bolos, biscoitos recheados etc. Ou pode-se cortar o açúcar de outras fontes, como café e sucos. O importante deste método é ter em mente quais alimentos você irá priorizar na alimentação.
  • Redução Gradativa: se o corte total for uma medida muito radical para você, é possível fazer uma redução gradativa de açúcar nos alimentos. Se você, por exemplo, toma café com duas colheres de açúcar, reduza para apenas uma. Esse tipo de redução fará com que o seu paladar se acostume aos poucos com os alimentos menos doces até eventualmente o açúcar deixar de ser necessário.

Independente da forma que você utilize para reduzir o açúcar no dia a dia, a parte mais importante desta reprogramação alimentar é desenvolver (e manter) hábitos. É claro que isso não é tarefa fácil e muitas vezes é necessário uma ajudinha. Se você quer adquirir novos hábitos alimentares, e viver com mais saúde e bem estar, fale com a Clincare. Cada corpo possui necessidades alimentares diferentes e nossa clínica conta com uma Nutricionista preparada para entender as suas e ajudar a desenvolver hábitos mais saudáveis. Comece a ser mais saudável hoje mesmo!

Consultas em Psiquiatria na Clincare

Precisando de uma consulta? Na Clincare você encontra alguns dos profissionais mais qualificados do mercado. Marque a sua consulta hoje mesmo!

× AGENDE SUA CONSULTA