O mês em que estamos é marcado pelo Outubro Rosa, a campanha global historicamente dedicada a conscientizar a população a respeito do câncer de mama e sua prevenção. Nos últimos anos, porém, a data passou a ser ressignificada e, atualmente, ela também busca a conscientização a respeito da prevenção do câncer de colo do útero.

Mesmo que haja uma ressignificação, muitas pessoas ainda relacionam o Outubro Rosa ao câncer de mama apenas. A mudança, porém, deve vir. Afinal, o câncer de colo do útero é o quarto câncer que mais acomete mulheres. Foi com isso em mente que a Clincare preparou este texto.

Sabendo a importância de alertar e orientar a população, nós falamos um pouco mais sobre o câncer de colo do útero na sequência. Explicamos o que ele é, os sintomas e o tratamento e, por fim, mostramos por que prevenir. Continue a leitura e confira! 

 

O que é o câncer de colo do útero

O câncer de colo do útero, também conhecido como câncer cervical, é um tumor maligno na parte mais inferior do útero, isto é, no colo do útero. Ele é uma consequência das infecções persistentes causadas por alguns tipos de HPV – Papilomavírus Humano. Aproximadamente 70% dos casos de câncer de colo do útero são provenientes de HPV tipo 16 e 18.

É importante lembrar, contudo, que a infecção pelo HPV não é sinônimo de câncer. Como já citamos, são os tipos 16 e 18 que mais causam câncer no futuro e, no entanto, os tipos de HPV mais comuns, encontrados em 90% dos casos, são os 6 e 11 — ambos considerados não oncológicos.

O que é câncer do colo do utero?

Sintomas e tratamento

Na maioria dos casos, o desenvolvimento da doença é bem lento e não apresenta sintomas. Apesar disso, eles podem aparecer, principalmente em estágios mais avançados. Entre os sintomas mais comuns, podemos citar:

  • Corrimento vaginal amarelado com odor desagradável;
  • Sangramentos menstruais irregulares;
  • Sangramento após a relação sexual;
  • Dores na região do baixo ventre;
  • Dores pélvicas de forte intensidade; 
  • Anemia;
  • Dores em região lombar;
  • Alterações miccionais e no hábito intestinal.

Já o tratamento, por sua vez, não foge daquilo que já conhecemos como tratamento comum para diversos tipos de câncer: procedimentos cirúrgicos, radioterapia, quimioterapia ou, em grande parte dos casos, a combinação de todas essas estratégias. Todos esses processos são extremamente delicados e complicados para a paciente; e é exatamente por isso que a prevenção sempre é a melhor alternativa.

Sintomas do Câncer de colo do utero

Por que e como prevenir?

E falando em prevenção… Fica muito claro por que prevenir: para, se for o caso, encontrar o tumor o quanto antes e evitar que o pior aconteça. Quanto mais avançado for o estágio do câncer quando ele for encontrado, mais difícil será o tratamento. E é por isso que você deve sempre apostar na prevenção. Mas, como prevenir?

Por ser uma consequência direta do HPV, o câncer de colo do útero pode ser prevenido por meio dos mesmos métodos de prevenção, tanto do HPV quanto de outras ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis). O mais recomendado e eficaz aqui é o uso de preservativos em todas as relações sexuais.

No entanto, a melhor medida preventiva mesmo é a vacinação. Desde 2014, ela faz parte do calendário de vacinação do SUS, estando disponível gratuitamente para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

Mesmo que você já tenha mais de 14 anos, e já tenha tido contato com o HPV, a vacina tem benefícios. Porém, ela não é fornecida pelo SUS fora dessa faixa etária. Ainda assim, por prevenir o câncer do colo do útero, esse é um investimento muito válido.

Além de tudo isso, outra medida considerada preventiva é a realização periódica do exame papanicolau, que permite colher células do colo do útero para análise em laboratório. Ele é capaz de detectar as alterações no colo do útero ocasionadas pelo HPV antes de ele se tornar um câncer, propiciando um tratamento muito mais simples e eficaz.

A Clincare conta com profissionais da saúde da mulher!

A prevenção sempre é o melhor caminho, independente do problema do qual estamos falando. Marque sua consulta hoje mesmo e esteja sempre segura.

E você, já sabia de tudo isso? Em tempos de Outubro Rosa — e, na verdade, sempre —, é de extrema importância se prevenir contra o câncer de colo do útero. Se gostou deste texto e quer receber mais, não deixe de acompanhar a Clincare no Instagram!

× AGENDE SUA CONSULTA